Institucional
  • Página principal
  • Quem somos
  • Histórico
  • Estatuto
  • Informativo
  • Agenda Científica
  • Clube de Benefícios
  • Centro de Eventos AMF
  • Salão de Festas
  • Revista AMF
  • Asso. Médicas
  • Soc. Especialidades
  • Geral
  • Anuncios
  • Fale conosco
  • Webmail

  • Destaques AMF 

    “Pra valer à pena”
    Por ocasião da passagem do dia do Médico, fi z uma refl exão sobre o que a vida tem que ter para valer à pena. Para Aristóteles, que estudou na academia de Platão, é a excelência de si mesmo. Para o holandês Spinoza , um dos maiores pensadores da humanidade, é a alegria e a potência de agir (cada vez fazer melhor). Para Rousseau é a liberdade e a fi delidade aos próprios valores. Analisando os pensamentos dos grandes fi lósofos, humanistas e personagens da história, desde Santo Agostinho a Albert Schweitzer; do Dalai Lama ao papa João XXIII; do apóstolo São Paulo a madre Tereza de Calcutá, todos eles vão ao encontro do que Jesus, o maior de todos, ensinou: A vida vai valer à pena quando é assumidamente dedicada ao outro. O Seu sacrifício na cruz é exemplo disso. O sucesso de nossa vida tem a ver em permitir que o outro viva melhor, através de nossa atuação. O verdadeiro e duradouro sucesso não tem a ver com nosso ganho, conta bancária, poder ou patrimônio. A vida boa é a vida dedicada ao outro; e isto é democrático porque, rico ou pobre, branco ou negro, crente ou ateu, qualquer um pode fazer. Feliz aquele que consegue enxergar no olhar do outro o resultado de seu trabalho! Em todas as profi ssões conseguiremos fazer a vida valer à pena de ser vivida, mas só a Medicina nos oferece a oportunidade de se conseguir isso de forma tão intensa , plena e com sinergia máxima! Claro que também temos que lutar pela nossa atuação, por melhores condições de trabalho e remuneração justa. Temos que sensibilizar os governantes a valorizar a saúde e seus profi ssionais. Não é possível mais essa proliferação de faculdades de medicina, despejando a cada ano milhares de profi ssionais, que afetando a lei da oferta/procura , criam um campo fértil para a exploração da mão de obra. Precisamos modular o mercado, criando a prova de conhecimento técnico para o início da atuação médica. Precisamos unir nossas entidades de classe ,principalmente sindicato e conselhos, para o fortalecimento e valorização de nossa atuação. Neste dia do Médico, gostaria de expressar minha esperança de que teremos dias melhores; agradecer aos médicos mais antigos e professores pelos ensinamentos passados às nossas gerações e dar as boas vindas aos jovens médicos , e que iluminados por São Lucas, consigam fazer a vida valer à pena, através dos ensinamentos de Jesus.

    Benito Petraglia
    Presidente

    Revista Ed. 69

    Associação Médica Fluminense
    Av. Roberto Silveira, 123 (Icaraí)
    24230-150 - Niterói - RJ

    Telefax: (21) 2710-1549 - 2710-1093 - 2710-1348